facebook
instagram
linkedIn
youtube
facebook instagram linkedIn youtube

Nota sobre a presidência da CAPES

A Sociedade Brasileira de Geofísica vem expressar sua imensa preocupação com a indicação da Dra. Cláudia Mansani Queda de Toledo para exercer a presidência da CAPES, uma vez que seu currículo não apresenta nenhuma das qualificações que entendemos serem essenciais para o exercício do cargo se seu propósito for efetivamente contribuir para o avanço, e neste momento até para a sobrevivência, da pós-graduação no Brasil.
 
A CAPES é um órgão de fundamental importância para o funcionamento e até para a existência do sistema de pós-graduação no Brasil. Sua presidência deve ser exercida por alguém que tenha não só o reconhecimento da comunidade científica, mas também que acumule conhecimento e experiência na gestão de programas e de projetos de pesquisa em alto nível, e que conheça as realidades do sistema de pós-graduação do Brasil e de outros em nível internacional.
 
Acreditamos que em todo o espectro científico existem pessoas com o perfil mais adequado para exercer a presidência da CAPES e cumprir uma missão tão importante quanto a de dirigir o sistema de formação de pessoas de nível mais alto no país, do qual não podemos abrir mão se quisermos de fato ser uma nação que tem o progresso como bandeira.
 
Por isso tudo, esperamos que o Ministério da Educação reveja a indicação e escolha uma pessoa com a qualificação exigida para o cargo.
 
Atenciosamente,
Ellen Gomes
Presidente da SBGf
Compartilhar em:
Petrobras