ESTADOS EXCITADOS DO OXIGÚNIO NA MESOSFERA

S. M. Ludovico Melo, B. R. Clemesha, H. Takahashi

Abstract


Neste trabalho apresentamos resultados da análise de perfis verticais, obtidos simultaneamente, das emissões OI 557,7 nm, banda (0-0) do sistema O2atmosférico e sistema O2Herzberg I, em termos dos processos de formação e perda dos estados O(1S), O2(b1Sg+) e O2(A3Su+). Os perfis de emissão foram obtidos via fotômetros instalados a bordo de um foguete lançado de Alcântara (20S, 440O) em 31 de maio de 1992, às 23:52 (LT). A carga útil continha 6 fotômetros dispostos paralelos ao eixo do foguete para medir a taxa de emissão volumétrica das linhas OI 557,7 nm e NaD (589 nm), da banda (0-0) do sistema O2atmosférico, do sistema O2Herzberg I (275 nm) e do contínuo a 578 nm e 4 fotômetros dispostos transversalmente, em um ângulo de 900, para medir a taxa de emissão volumétrica das linhas OI630 nm e NaD (589 nm), da banda OH(8-3) e do contínuo a 710 nm. Nossos resultados, no caso dos estados O(1S) e O2(b1Sg+), sugerem a validade, também para região equatorial, de parâmetros derivados de experimentos em latitudes altas. No caso do estado O2(A3Su+), nossos resultados sugerem coeficientes de perda por colisões com O2e/ou N2maiores que os anteriormente propostos com base em dados aeronômicos, mas em acordo com resultados recentes de laboratório.

Keywords :Aeronomia; Aeroluminescência; Espectroscopia atmosférica.

Oxygen Excited States in the Mesosphere:Simultaneous measurements of the nightglow profiles of the O2Herzberg I bands, the O2atmospheric (0-0) band and the OI 557.7 nm line are discussed in terms of the excitation and loss of the O(1S), O2(b1Sg+) and O2(A3Su+) states. The measurements were carried out by rocket-borne photometers launched from Alcântara (20S, 440W) on May 31, 1992 at 23:52 LT. The rocket payload contained 6 longitudinal photometers to measure the OI 557,7 nm and NaD 589 nm lines, the O2atmospheric(0-0) and Herzberg I bands and the continuum at 578 nm, together with 4 transverse photometers measuring the OI 630 nm and NaD 589 nm lines, the OH(8-3) band and the continuum at 710 nm. The results for the O(1S) and O2(b1Sg+) states suggest the validity for the equatorial region of empirical parameters derived from measurements made at high latitudes. For the O2(A3Su+) states, the quenching rates required to explain the measurements are higher than the values derived from previous airglow measurements but in agreement with recent laboratory measurements.

Keywords :Aeronomy;Airglow;Atmospheric spectroscopy.


Keywords


aeronomia; aeroluminescência; espectroscopia atmosférica