ESTRUTURAÇÃO DA SEQÜÚNCIA VULCANO-SEDIMENTAR RIO MATA CAVALO (MORRO DO PILAR, MG, BRASIL) BASEADA NA ANÁLISE QUALITATIVA DE DADOS GEOFÃSICOS

Sérgio Augusto Morais Machado, Ulisses Cyrino Penha

Abstract


Geofísica terrestre (magnetometria e radiometria) foi utilizada como ferramenta de apoio ao mapeamento geológico em uma área de pesquisa mineral da Companhia Mineradora de Minas Gerais (COMIG), denominada Alvo Bueiro, localizada a sudeste da cidade de Morro do Pilar, na Serra do Espinhaço, Estado de Minas Gerais. A integração de informações de geologia de superfície com os dados geofísicos correspondentes permitiu definir quatro zonas: A, B, C e D. A Zona A, caracterizada por altos valores de susceptibilidade magnética e baixos valores de radiometria, é composta por itabiritos do Grupo Serra da Serpentina. A Zona B, pertencente ao mesmo grupo, é constituída por filitos cinza e metassiltitos e mostra baixa susceptibilidade magnética; interrupções nas linhas de contorno foram interpretadas como decorrentes de falhas de empurrão. A Zona C, relacionada à Seqüência Vulcano-Sedimentar Rio Mata Cavalo, é caracterizada por uma expressiva anomalia do campo magnético total em xistos máficos e ultramáficos com lentes de formações ferríferas e filitos carbonosos negros; esta zona hospeda as mais importantes anomalias geoquímicas de ouro conhecidas na área em estudo. A Zona D, correspondente a ortognaisses cisalhados do Complexo Dona Rita, mostra os mais elevados valores de radiometria do Alvo Bueiro e baixas respostas magnéticas.

Keywords :Serra do Espinhaço; Seqüência Vulcano-Sedimentar; Radiometria; Magnetometria; Ouro.


Structure of the Rio Mata Cavalo volcano-sedimentary sequence (Morro do Pilar, MG, Brazil) based on qualitative analysis of geophysical data

Ground geophysics, magnetometry and radiometry have been used to support geological survey of the prospecting area named Bueiro Target, of the Companhia Mineradora de Minas Gerais (COMIG), located southeast from Morro do Pilar, Serra do Espinhaço, Minas Gerais State. The integration of surface geological information and corresponding geophysical data defined four zones, named A, B, C and D. The A Zone, characterized by high magnetic susceptibility and low radiometric values, is composed by itabirites belonging to the Serra da Serpentina Group. The B Zone, part of this Group, is constituted by gray phyllites and meta-siltites, showing low magnetic susceptibility with interruptions in the contour lines, which are interpreted as due to the presence of thrust faults. The C Zone, related to the Rio Mata Cavalo Volcano-Sedimentary Sequence, is characterized by an expressive anomaly of total magnetic field, associated with mafic and ultramafic schists containing several lenses of iron formation and black carbonaceous phyllites; this zone hosts the most important gold geochemical anomalies in the studied area. The D Zone, which corresponds to sheared orthogneisses of the Dona Rita Complex, shows the highest radiometric values of Bueiro Target but has a very low magnetic response.

Keywords :Serra do Espinhaço;Volcano-Sedimentary Sequence;Radiometric and Magnetometric Surveys;Gold.


Keywords


serra do espinhaço; seqüência vulcano-sedimentar; radiometria; magnetometria; ouro