MIGRAÇÃO EM DUAS ETAPAS DE DADOS ORDENADOS EM AFASTAMENTO COMUM

R. da Cruz Pestana, M. S. Costa

Abstract


Este trabalho apresenta um método de migração antes do empilhamento de dados sísmicos ordenados em afastamento comum e ponto médio para meios com variação vertical e lateral de velocidade. A continuação descendente do campo de ondaP (t, y, h, z = 0), transformado para o domínio (w, ky, kh), é realizada através da equação de migraçao de raiz quadrada dupla, e a integral dos números de onda de afastamento (kh) é computada através do método de fase estacionária. A extrapolação de cada seção de afastamento constante é realizada de forma recursiva e em duas etapas. Na primeira etapa, o campo de onda é continuado para baixo, no domíniow- ky, usando-se uma velocidade média equivalente até o nível de profundidade desejado, e em seguida uma correção do tipo "split-step" é aplicada nos dados convertidos para o domíniow- y, visando compensar as variações laterais existentes no campo de velocidade. O método foi testado em dados sintéticos gerados a partir de modelos com variação lateral e vertical de velocidade. A migração em duas etapas de dados ordenados em afastamento comum é computacionalmente eficiente e os resultados obtidos demonstram que o método funciona corretamente em meios com variação vertical de velocidade, contudo, a sua eficácia é limitada em dados com grandes afastamentos e fortes variações laterais de velocidade.

Keywords :Migração antes do empilhamento; Ondas planas; Afastamento comum.


Split-step migration of constant offset data

This work describes a new method of pre-stack migration of seismic data in common offset domain on media with lateral and vertical velocity variation. To perform the downward continuation of the wavefieldP (t, y, h, z = 0)transformed to domain (w, ky, kh) we use the double square root prestack migration equation with the integration along khaxis computed by the stationary phase method. The extrapolation of the wave field is realized in two steps. In the first, the wave field is downward continued in depth in the (w, ky) domain, using a reference velocity. Afterwards we apply a second correction in the (w, y) domain, like in the split-step migration method - a correction that attempts to compensate for lateral velocity variations. The split-step migration of constant offset data is very fast and, according to our results, this method offers good results on synthetic data with vertical velocity variation. However, it shows limited efficiency on data with large offset and strong lateral variations.

Keywords :Pre-stack migration;Plane waves;Constant offset.



Keywords


migração antes do empilhamento; ondas planas; afastamento comum