STUDY OF FLOW IN VADOSE ZONE FROM ELECTRICAL RESISTIVITY SURVEYS

Fernando de Morais, Luis de Almeida Prado Bacellar, Paulo Roberto Antunes Aranha

Abstract


ABSTRACT

Among the indirect methods applied to environmental monitoring, electrical resistivity has played an important role in accessing water flow in the non-saturated zone of the soil and, consequently, aquifer recharge. This work evaluates the influence of some pedo-geomorphologic properties in the infiltration and percolation of water through the superficial soil horizons by means of multitemporal electrical resistivity sections. The experiments were carried out in two areas of distinct pedo-geomorphological characteristics developed on the crystalline basement of southeastern Brazil. The first is situated in ahollow-shaped slope where lixisols predominate; the second, in anose-shaped slope where well-developed soils (ferralsols) predominate. The results proved the efficiency of the electrical resistivity method to delimit percolation of tropical soils, even when subtle differences are found in the hydraulic properties of the soil. It was also possible to establish that in thenose slopepercolation is faster than in thehollow.

Keywords :electrical resistivity; hydraulic properties; groundwater; tropical soils.

RESUMO

Entre os métodos indiretos aplicados ao monitoramento ambiental, a eletrorresistividade tem desempenhado um papel importante no entendimento do fluxo de água na zona não saturada dos solos e, conseqüentemente, na recarga dos aqüíferos. Neste trabalho, pretende-se avaliar a influência de algumas propriedades pedo-geomorfológicas na infiltração e percolação de água pelos horizontes superficiais dos solos por meio de seções de eletrorresistividade multitemporais. Os experimentos foram efetuados em duas áreas com características pedo-geomorfológicas distintas em região com rochas do embasamento cristalino do sudeste do Brasil. A primeira é situada numa encosta com formas côncavas em planta e em perfil (cabeceira de drenagem anfiteátrica), com predomínio de argissolos. A segunda área se situa numa encosta com forma convexa em planta e em perfil, com predomínio de latossolos. Os resultados provam a eficiência da eletrorresitividade para identificar percolação em solos tropicais, mesmo quando há diferenças sutis das propriedades hidráulicas. Foi também possível confirmar que a percolação é mais rápida na encosta com forma convexa do que na encosta com forma côncava.

Keywords :eletrorresistividade; propriedades hidráulicas; água subterrânea; solos tropicais.


Keywords


electrical resistivity; hydraulic properties; groundwater; tropical soils