ESTUDO GEOFÃSICO DE VAZAMENTO CONTROLADO DE ÃLCOOL COMBUSTÃVEL EM ESCALA LABORATORIAL

Leonardo Zani Castello, César Augusto Moreira, Antonio Celso de Oliveira Braga

Abstract


O etanol é utilizado de forma extensiva como combustível para veículos automotores no Brasil, devido tanto a características como ao clima favorável ao cultivo de cana-de-açúcar em uma cadeia produtiva bastante desenvolvida quanto à eficiência energética e ao teor quase inexistente de poluentes emitidos emsua combustão. A ampla rede de distribuição para atendimento ao consumidor final representa um risco constante de vazamentos e contaminação de rios, solo e água subterrânea. Este trabalho discute os resultados do monitoramento geofísico num experimento em escala de laboratório, resultante do vazamento controlado de etanol em sedimentos parcialmente saturados em água. A extensa aplicação de métodos elétricos em estudos ambientais e alterações significativas em termos de resistividade elétrica, provocada no ambiente geológico pela presença de compostos exógenos, justifica a seleção do método. Houve um aumento dos valores no início do experimento até o máximo em torno de 52h, seguido por queda acentuada até 342h e sucedido por crescimento lento e constante dos valores até 2.742h, quando comparados a valores prévios sem adição de etanol. Os dados sugerem uma relação temporal entre variações de resistividade elétrica e o comportamento geoquímico do etanolno ambiente geológico.

Keywords :resistividade elétrica; perfilagem; etanol; monitoramento.

ABSTRACT

The ethanol is used an extensive form as fuel for vehicles in Brazil, due so much to characteristics as favorable climate for sugar cane cultivation alliance with a productive chain quite developed, as the energy efficiency and almost non-existent tenor of pollutant emitted in your combustion. The wide distribution net for attendance to the final consumer represents a constant risk of leaks and contamination of rivers, soil and groundwater. This paper discusses the results of the geophysical monitoring in laboratory scale experiment, resultant of the controlled leak of ethanol in sediments partially saturated in water. The extensive application of electrical methods in environmental studies and significant alterations of electric resistivity caused in the geological environment due the presence of exogenous compositions they justify the selection of this method. There was an increase of the values in the beginning of the experiment to the maximum around 52h, followed for fall accentuated up to 342h and happened by slow and constant growth of the values up to 2,742h, when compared to previous values without ethanol addition. The data suggest a temporary relationship among variations of electric resistivity to the geochemistry behavior of the ethanol in geological environment.

Keywords :electrical resistivity; logging; ethanol; monitoring.


Keywords


resistividade elétrica; perfilagem; etanol; monitoramento












Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br