Well-Seismic Integration to Pore Pressure Prediction using Multivariate Geostatistics: a Case Study in a Brazilian Equatorial Margin Basin

Flávia Braz Ponte, Francisco Fábio de Araújo Ponte, Adalberto Silva, Alberto Garcia Figueiredo

Abstract


ABSTRACT. Pore pressure modeling has been fundamental on several applications and stages of hydrocarbon exploration, evaluation, development and production. Pore pressure estimation is generally obtained from seismic velocity data and pore pressure analysis on wells. There are many methods available for pore pressure analysis, although more recently the application of the geostatistical approach is increasing in popularity and proving to be an important method for pore pressure gradient prediction in challenging areas where pore pressure prediction is difficult using deterministic methods. In this case study on a new frontier area in the Brazilian Equatorial Margin, multivariate geostatistics allowed integration of data at different scales and spatial variations of seismic and well variables produce pore pressure gradient models. The final result is a geopressure model where one can easily extract well-conditioned pore pressure information at any location.

Keywords: geostatistical approach, different scales, pore pressure gradient models.

 

Integração Poço-Sísmica Para Predição de Pressão de Poros usando a Geostatística Multivariada: Um Estudo de Caso em uma Bacia da Margem Equatorial Brasileira

RESUMO. A modelagem de pressão de poros tem sido fundamental em diversas aplicações e etapas da exploração, avaliação, desenvolvimento e produção de hidrocarbonetos. Em geral, a estimativa de pressão de poros é obtida a partir da integração de dados de velocidade sísmica e análise de pressão em poços. Existem diversos métodos para análise de pressão de poros, entretanto, atualmente, a aplicação da abordagem geoestatística está crescendo em popularidade e provando ser um importante método para predição de gradiente de pressão de poros em áreas de fronteiras onde a previsão de pressão de poros usando métodos determinísticos não é bem sucedida. Neste estudo de caso, localizado em uma área de nova fronteira na Margem Equatorial Brasileira, a geoestatística multivariada permitiu a integração das variáveis sísmicas e de poço em diferentes escalas e variações espaciais e a obtenção de modelos de gradiente de pressão de poros. Os resultados geraram um modelo de geopressão no qual a extração de valores de pressão de poros bem condicionados é simples em qualquer parte da área.

Palavras-chave: abordagem geostatistica, diferentes escalas, modelos de gradiente depressão de poros.


Keywords


geostatistical approach; different scales; pore pressure gradient models; abordagem geostatistica; diferentes escalas; modelos de gradiente depressão de poros.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v38i1.2033










Revista Brasileira de Geofísica (printed version): ISSN 0102-261X
v.1n.1 (1982) – v.33n.1 (2015)

Revista Brasileira de Geofísica (online version): ISSN 1809-4511
v.15n.1 (1997) – v.29n.4 (2011)

Brazilian Journal of Geophysics (online version
a partir de v.30n.1 (2012)



Brazilian Journal of Geophysics - BrJG

Sociedade Brasileira de Geofísica - SBGf
Av. Rio Branco 156 sala 2509
Rio de Janeiro, RJ, Brazil
Phone/Fax: +55 21 2533-0064
E-mail: editor@sbgf.org.br