A HISTORIC SUMMARY OF SCIENTIFIC KNOWLEDGE ON SEA LEVEL IN BRAZIL

Afrânio Rubens de Mesquita

Abstract


ABSTRACT. This is, perhaps, the ï¬rst attempt to outline the history of the scientiï¬c knowledge of Sea Level and its variations in Brazil from its very beginning in 1500 to present days the beginning of the XXI century. Sea level measurements and tidal current reports from the local inhabitants are very much mixed up with an apparent unawareness of the phenomenon, from the ï¬rst Portuguese reports on the new land. First long term measurements of sea level were taken in 1831, during the ï¬rst Brazilian Kingdom, in the city of Rio de Janeiro, to determine local data for the mean sea level. It was only in the beginning of the XX century, after the proclamation of the Brazilian Republic in 1889 that the ï¬rst publications reporting the scientiï¬c method to study sea level were published. Sea level values were then predicted by the National Observatory (ON) using a Kelvin predictor machine of sea level and were published the Tide Tables by the Directory of Hydrography and Navigation (DHN) of the Brazilian Navy. After the creation of the University of SËœao Paulo (USP), 1934, the measurements and scientiï¬c method were solidly accepted for sea level studies. After an introduction with a general description of the sea level knowledge in the global context of the time, the sea level during colonial Brazil, the ï¬rst sea level records, the measurements during the ï¬rst Kingdom and Republic, the ï¬rst scientiï¬c works by the researchers of the ON, by the DHN and from the USP are discussed.

Keywords: scientiï¬c history of sea level, Brazil from 1500 to 2000, Brazilian coast, National Observatory, Directory of Hydrography and Navigation, University of São Paulo.

RESUMO. Esta é, talvez, a primeira vez que se faz um esforço no sentido de descrever a História Cientíï¬ca do nível do mar e suas variações no Brasil, desde o seu começo, em abril de 1500, até os dias presentes, no início do século XXI. Há, aparentemente, falta de documentação entre os anos 1500 a 1700, durante o período colonial. Documentos oï¬ciais portugueses originários da Coroa, sobre o assunto, somente apareceram no começo do século XVIII. As primeiras medições do nível do mar foram tomadas em 1781, ainda um pouco antes do Primeiro Império, na cidade do Rio de Janeiro. Medições com o objetivo de se referir a um RN local para a transferência do nível médio do mar foram feitas durante o ano de 1831 no porto da cidade do Rio de Janeiro. Durante o Segundo Império sugiram os regulamentos a respeito da propriedade particular e da Coroa Portuguesa. Foi somente no comec¸o do século XX, entretanto, depois da proclamação da República do Brasil em 1889, que ocorreram as primeiras publicações relevantes relacionadas ao método cientíï¬co aplicado ao estudo do nível do mar. Valores do nível do mar eram então previstos pelo Observatório Nacional (ON), através de uma máquina de Kelvin e publicadas as Tábuas de previsão pela Diretoria de Hidrograï¬a e Navegação (DHN) da Marinha do Brasil. Após a criação da Universidade de São Paulo (USP) em 1934, a medida e o método cientíï¬co foram solidamente aceitos nos estudos do nível do mar. Nesta súmula, são historiados o conhecimento do nível do mar do Brasil colônia, os primeiros registros de nível do mar, as medições realizadas no primeiro Império e durante a República, os primeiros trabalhos cientíï¬cos realizados no ON, na DHN e na USP.

Palavras-chave: história cientíï¬ca do nível do mar, Brasil de 1500 a 2000, costa brasileira, Observatório Nacional, Diretoria de Hidrograï¬a e Navegação, Universidade de São Paulo.


Keywords


scientific history of sea level, Brazil from 1500 to 2000, Brazilian coast, National Observatory, Directory of Hydrography and Navigation, University of São Paulo.



DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v31i5.390