IMPLEMENTATION OF PANTANAL MAGNETIC OBSERVATORY IN BRAZIL

Fillipe Siqueira, Katia J. Pinheiro

Abstract


ABSTRACT. Magnetic observatories are fundamental to study different magnetic sources, measuring precisely and continuously the geomagnetic field. The largestrestriction of the observatories is their uneven distribution on the Earth"™s surface, especially in South America, where only few data are available. In this work, we describethe main steps for the installation of the magnetic observatory in Pantanal Region (Brazil) and the data analysis of a magnetic station that registered the field fromSeptember 29th, 2011 up to January 25th, 2012. From the geomagnetic point of view, the installation of the magnetic observatory is interesting due to the occurrence ofthe South Atlantic Magnetic Anomaly (SAMA), which is the region with the smallest intensity of the geomagnetic field. The SAMA is generated by dynamical processesin the external core, but many unsolved questions concerning its temporal evolution and its causes still remain. This anomaly causes effects in the external field: duringmagnetic storms there may be problems in satellites, navigation systems and radio-communication. These disturbances more often occur in areas where the intensity ofthe field is smaller (as in the case of SAMA) or larger (as at the poles). The data generated by the Pantanal observatory will contribute to a better understanding of SAMAand its effects in the external magnetic field.

Keywords: geomagnetism, magnetic observatories, magnetic storms.


RESUMO. Observatórios magnéticos são fundamentais para garantir um registro preciso e contínuo do campo magnético da Terra. A maior limitação dos observatórios é a distribuição desigual na superfície terrestre, principalmente na América do Sul, onde há poucos dados. Neste trabalho descrevemos as principais etapasexecutadas para a instalação do observatório magnético no Pantanal e a análise de dados de uma estação magnética, que registrou o campo do dia 29 de setembro de2011 até 25 de janeiro de 2012. A instalação do observatório magnético do Pantanal é interessante, do ponto de vista geomagnético, devido à presenc¸a da AnomaliaMagnética do Atlântico Sul (AMAS), que é a região de menor intensidade do campo magnético no globo. A AMAS é gerada por processos dinâmicos no núcleoexterno, mas ainda há muitas questões em aberto sobre sua evolução temporal e suas causas. A AMAS também pode causar efeitos no campo externo: duranteas tempestades podem ocorrer problemas em satélites, sistemas de navegação e radiocomunicação. Estes distúrbios ocorrem mais frequentemente nas áreas ondea intensidade do campo é menor (como é o caso da AMAS) ou maior (nos polos). Os dados gerados no observatório do Pantanal contribuirão para uma melhorcompreensão sobre a AMAS e seus efeitos no campo externo.

Palavras-chave: geomagnetismo, observatórios magnéticos, tempestades magnéticas.


Keywords


geomagnetism, magnetic observatories, magnetic storms



DOI: http://dx.doi.org/10.22564/rbgf.v33i1.607